Suas Finanças Pessoais Organizada em 3 Passos

Se você deseja realizar os seus sonhos, o primeiro passo que você deve dar é organizar suas finanças pessoais.

Quando você passa a organizar suas finanças, você consegue cortar gastos e enxergar para onde está indo cada centavo do seu dinheiro.

De fato, você consegue estabelecer prioridades e começa a realizar seu orçamento de forma simples e segura.

Portanto, organizar as finanças é essencial para o seu sucesso e prosperidade.

1 – Defina o Seus Sonhos

É muito importante você ter metas para o seus sonhos. Essas metas podem ser definidas como curto, médio e longo prazo.

Você já parou para pensar quais são os seus sonhos materiais ou de conquistas pessoais? Quanto tempo levará para que você possa conquistá-los?

Estabelecer metas e prazos são importantes para que você possa realizar seus sonhos. Tenha em mente que conquistar metas faz parte da educação financeira.

Em suma, sonhos (metas) de curto prazo são de até 1 ano; os de médio prazo são de até 5 anos; e sonhos de longo prazo são de 10 anos ou mais.

Caso queira se aprofundar sobre metas de curto, médio e longo prazo, escrevi um artigo sobre o assunto – “Como ter metas na vida para saúde financeira”.

Por exemplo, você pode sonhar em trocar o seu celular, desta forma você cria uma meta de curto prazo, ou você deseja trocar de carro, então você já começa a traçar metas de médio prazo.

O importante é ter objetivos para poder realizá-los. Veja quais são as suas prioridades, isso é essencial para começar a organizar as finanças.

Quando você começa a dar destino para o seu dinheiro, perceba que até aquelas compras por impulsos irão desaparecer, pois os seus objetivos estão traçados o seu lado consumista começa a ser controlado.

Portanto, estabeleça suas prioridades, descubra quais são os seus sonhos de curto, médio e longo prazo.

2 – Faça um Diagnóstico

Uma forma de fazer um diagnóstico de suas finanças é identificar o seus ganhos e seus gastos.

Você precisa anotar, isso mesmo, separe um caderno exclusivo para isso. Faça anotações o seus ganhos e seus gastos detalhadamente, ao menos durante 1 mês corrido.

Aconselho para esse primeiro momento focar apenas na anotação manual.

Aplicativos financeiro e planilhas são interessantes? Sim! Mas por hora, faça esse exercício de anotar tudo em detalhes no seu caderno. E como fazer isso?

Faça suas anotações por categoria. Por exemplo, com compras em supermercado, é importante você separar o que vai para alimentação, o que são produtos de limpeza e entre outros.

Qual é a importância desse método, é focar em enxergar para onde o seu dinheiro está indo.

Outro exemplo, anote os seus gastos diários com café da manhã, almoço e jantar. Também os gastos de finais de semana.

A ideia desse diagnóstico é fazer você entender como você está gastando, para onde está indo o seu dinheiro e o quanto esses gastos refletem no seus ganhos.

3 – Faça o Seu Orçamento Pessoal

Depois que você anotar o seus ganhos e gastos, compreender para onde o seu dinheiro está indo, agora chegou o momento de você colocar tudo isso numa planilha e/ou aplicativo financeiro.

Vou deixar como dica uma planilha financeira em Excel. Nessa planilha você consegue detalhar, gasto pessoal, familiar, diário e mensal. “Planilha de Gastos” da Rico.com.vc.

Outra ótima dica, são aplicativos financeiros. Temos um artigo sobre aplicativos dessa modalidade que são essenciais para quem está buscando ajustar as finanças pessoais.

São ferramentas excelentes e com versões gratuitas. Utilizo o Mobills Pro, e por experiência é um ótimo aplicativo para mensurar seus gastos diários, mensais, planejar e criar metas.

Veja quais desses modelos que você melhor se adapta e comece a detalhar todas as suas receitas e despesas.

Com isso será possível você começar a analisar a sua situação financeira. Então faça as seguintes perguntas para você mesmo:

-Será que estou gastando o mesmo quanto eu ganho? Será que meus gastos ultrapassam os meus ganhos?

A partir desses questionamentos, você irá descobrir qual será o seu plano de ação. Assim você pode decidir com clareza se é necessário cortar gastos ou até mesmo buscar uma fonte de renda extra.

Bônus –  Renda Extra

Se você chegou até aqui, separei um artigo que escrevi sobre renda extra para te ajudar com as finanças pessoais.

Lembre-se, para que você possa realizar os seus sonhos, coloque-os em metas e acima de suas despesas. Ou seja, recebeu o seu dinheiro, separe a parte que você destinou para o seus sonhos.

finanças pessoais

Em suma, coloque seus sonhos em metas de curto, médio e longo prazo, anote suas receitas e despesas por 1 mês manualmente e depois comece a acompanhar através de planilhas financeira o aplicativos.

Deixe uma resposta